O coronel tinha 48 anos, estava havia 26 na PM e à frente do 3° Batalhão do Méier há quase dois anos. (Foto: Divulgação/PMRJ )

No início da tarde de hoje (26) foi registrada a 111° morte de policial militar neste ano. A vítima, Coronel Luiz Gustavo Lima Teixeira morreu após ser baleado em um confronto com criminosos.

O homicídio aconteceu quando o carro que vinha na frente dele parou no meio da via e os bandidos desembarcaram para iniciar um arrastão. Houve troca de tiros e o oficial foi atingido por um tiro de fuzil no rosto. Ele chegou a ser socorrido para o Hospital Salgado Filho, onde passou por uma cirurgia, mas não resistiu.

A Polícia Militar considera que o PM sofreu um atentado. Teriam sido feitos 17 disparos na direção do carro onde estava o PM. O coronel tinha 48 anos, estava havia 26 na PM e à frente do 3° Batalhão do Méier há quase dois anos. Ele deixa esposa e dois filhos.

Com informações do G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Please enter your name here