Foto: Leo Caldas/divulgação

A situação da saúde de Pernambuco é grave e vamos precisar de um plano emergencial de 100 dias para melhorar as condições de atendimento à população“. A afirmação, feita pelo candidato a governador pela coligação ‘Pernambuco Vai Mudar’, senador Armando Monteiro (PTB), revela uma das ações propostas para a saúde – um dos principais eixos do seu plano de governo.

Segundo o petebista, a proposta é adotar um plano com foco no atendimento à demanda reprimida por cirurgias e conclusão de obras paradas, como a ampliação dos hospitais Getúlio Vargas, Barão de Lucena e Restauração. Atualmente o Estado possui uma fila de espera de 18 mil cirurgias.

“Não basta construir hospitais novos, é preciso garantir a qualidade do serviço. Então, vamos fazer esse plano emergencial. Vamos concluir algumas obras em hospitais públicos que se arrastam há muito tempo e vamos redimensionar as equipes para oferecer um tratamento digno“, afirmou Armando, durante maratona que percorreu o Sertão do Moxotó, Agreste Meridional e Região Metropolitana do Recife (RMR) neste fim de semana.

CB

Deixe uma resposta