Foto: Blog do Carlos Britto

Diante dos últimos acontecimentos relacionados à reestruturação administrativa da Universidade Federal do Vale do São Francisco, com as exonerações do vice-reitor temporário Valdner Daísio Ramos Clementino, e do pró-reitor de Ensino, Manoel Messias Alves de Souza, o reitor pró tempore, Professor Paulo César Fagundes, enviou uma nota à comunidade da instituição. Ele destacou que o trabalho realizado pela sua gestão em 2020 gerou, naturalmente, “contentamentos e descontentamentos”, mas evitou entrar em detalhes.

No entanto, Professor Paulo César frisou que continuará buscando o diálogo e o entendimento para construir uma universidade cada vez mais engajada. Confiram:

NOTA DO REITOR À COMUNIDADE UNIVERSITÁRIA

O cotidiano acadêmico, administrativo e político da Univasf, a exemplo do que ocorre na rotina de todas as instituições, segue dinâmica própria que reflete percepções, expectativas e conflitos de seus integrantes que constantemente dialogam e se articulam, o que se reverbera por toda a estrutura organizacional da universidade de forma a produzir e entregar à comunidade interna e externa o que de melhor se consegue realizar.

Uma reflexão profunda sobre o que foi a gestão do exercício 2020, a incerteza sobre a duração da condição de Gestão Pro Tempore iniciada em abril passado somada à nossa responsabilidade de viabilizar arranjos institucionais, políticos, técnicos e operacionais, que garantam uma governança capaz, competente, eficiente e eficaz da Univasf nos mostrou ser necessário e desde que foi iniciada passou a gerar contentamentos e descontentamentos que não nos cabem expressar juízo.

Como Reitor Pro Tempore seguimos convictos e buscando uma reestruturação da equipe incorporando atores capazes e competentes, voltados e comprometidos com as demandas institucionais e com disposição para o diálogo e articulação institucional com um espírito arrefecedor de ânimos políticos para que possamos vencer os desafios institucionais acadêmicos, administrativos e políticos, que se somam àqueles impostos pela pandemia e que tanto impactaram e ainda impactarão nossa rotina institucional.

Com este espírito aqui exposto reiteramos nossa determinação em buscar diálogo e entendimento para construir uma Univasf cada vez mais engajada e dedicada ao cumprimento da sua missão institucional de desenvolvimento de todo o semiárido nordestino.

Professor Paulo César Fagundes/Reitor Pró Tempore

Fonte: Blog do Carlos Britto

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Please enter your name here