Doria tenta captar o apoio dos seguidores da Igreja de Valdemiro (Reprodução)

Na manhã deste domingo (26), na sede da Igreja Mundial, em São Paulo, o autoproclamado apóstolo Valdemiro Santiago recebeu a visita do prefeito João Doria (PSDB). E foi apresentado pelo líder religioso a mais de 15 mil fiéis que lotavam o templo.

“São mais de 15 mil pessoas aqui neste templo. Impressionante a quantidade de pessoas”, diz o prefeito no início de um vídeo gravado por ele próprio e postado em suas redes sociais. O prefeito já havia sido recebido por Valdemiro em outro templo da Igreja Mundial em outra oportunidade,

No mesmo vídeo de Doria, aparece ele e Valdemiro no imenso altar do templo falando ao público. “Se me perguntarem, hoje particularmente estou satisfeito com o João Trabalhador. Pelo trabalho, pelo carinho que tem dado à Igreja, à obra de Deus”, diz o religioso.

“A vida fazendo o bem e a uma vida melhor. A vida entre as pessoas que se amam é uma vida melhor. A vida solidária é a vida enaltecida. Fazer a bondade, ter sinceridade e solidariedade sempre fará de São Paulo uma cidade melhor e o Brasil um país melhor”, diz o prefeito ao final de suas palavras.

A visita do prefeito e presidenciável é uma tentativa de se aproximar e ganhar cacife junto ao eleitor evangélico. Em queda nas últimas pesquisas, o movimento junto aos evangélicos seria uma tentativa de impulsionar a candidatura a presidente. Como as portas devem estar fechadas no PSDB, há especulações de que ele se filiaria ao PMDB e teria o apoio do Governo Temer.

Por outro lado, ao se aproximar de um líder religioso polêmico e contestado como Valdemiro Santiago, malvisto até mesmo entre setores evangélicos, Doria corre o risco de perder a simpatia de uma faixa de eleitores seus já consolidada. Do eleitor conservador católico àquele de perfil mais liberal há uma rejeição explícita ao líder da Igreja Mundial.

O autoproclamado apóstolo é acusado de juntar um patrimônio milionário às custas da exploração da fé. Segundo a Revista Forbes, a fortuna de Valdemiro é avaliada em cerca de R$ 700 milhões, sendo o segundo religioso mais rico do Brasil, perdendo apenas para o bispo Edir Macedo, da Igreja Universal, com patrimônio de R$ 3 bilhões.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Please enter your name here