(Foto: Divulgação)

Por meio de nota enviada ao Blog, a empresa Jacobina Mineração e Comércio Ltda – controlada pela multinacional Yamana Gold – defende-se das acusações de que teria contaminado a água da região do norte baiano, em seu trabalho de extração de ouro. O tema foi discutido esta semana, em audiência pública realizada em Jacobina (foto).

Confiram a nota, na íntegra:

A Jacobina Mineração e Comércio Ltda. reafirma que, como apresentado na audiência pública, e de acordo com as conclusões das análises técnicas realizadas pelo INEMA e EMBASA, a empresa não contaminou a água da região e está convicta de que adota práticas ambientais eficientes, que são continuamente aperfeiçoadas, visando o desenvolvimento da atividade de mineração de forma ambientalmente responsável, com transparência, sempre buscando a interação com todas as partes interessadas e fortalecendo o desenvolvimento socioeconômico da região.

Reafirma, ainda, que atua de acordo com as licenças ambientais exigidas e está em conformidade com certificações internacionais, como ISO 14001 (Sistemas de Gestão Ambiental) e Código Internacional de Cianeto, que atestam a sua gestão socioambiental.

A Jacobina Mineração e Comércio Ltda. permanece sempre aberta ao diálogo construtivo com a sociedade.

Yamana Gold/Ascom

Fonte

Deixe uma resposta