Depois de 51 anos, o FBI confirmou que três pessoas conseguiram decifrar o enigma do assassino do Zodíaco. Dessa forma, a mensagem de 340 caracteres foi uma das várias mensagens enviadas durante o período que o assassino atuou na região Baía de São Francisco, dos anos 1960.

Em uma série de assassinatos, o homem que ficou conhecido como assassino do Zodíaco matou cinco pessoas a tiros e facadas. Assim, o assassino ganhou fama pela brutalidade com a qual os crimes eram cometidos. Além disso, as mortes eram seguidas de enigmas, que provocavam a mídia da época.

Foram necessárias três pessoas da Bélgica, dos Estados Unidos e da Austrália

Sendo decifrado somente depois de 51 anos, o enigma do assassino do Zodíaco juntou três pessoas da Bélgica, dos Estados Unidos e da Austrália. Elas eram Virgínia David Oranchak (web designer dos Estados Unidos), Sam Blake (especialista em matemática aplicada da Austrália) e Jarl Van Eycke (gerente de depósito e engenheiro de softwares de quebra de códigos da Bélgia).

E, assim, temos a seguinte mensagem revelada: “Espero que vocês estejam se divertindo muito enquanto tentam me pegar. Não tenho medo da câmara de gás porque ela vai me mandar para o paraíso mais cedo porque agora tenho escravos suficientes para trabalhar para mim”.

Ao contrário do que muitos acreditavam, a mensagem não revelou nenhuma informação sobre a verdadeira identidade do assassino. De fato, é um tanto quanto decepcionante, afinal, continuamos sem saber quem foi o assassino do Zodíaco. Para Oranchak, o enigma, que apresentava uma fileira de letras maiúsculas e símbolos, apenas trouxe “mais do mesmo lixo em busca de atenção vindo do Zodíaco”.

Agora, uma vez que o enigma foi quebrado, o FBI afirmou que irá continuar procurando o assassino. “O FMI tomou conhecimento que um código atribuído ao Assassino do Zodíaco foi decifrado por cidadãos. O caso do Assassino do Zodíaco continua sendo uma investigação em andamento para a divisão do FBI em São Francisco e para nossos parceiros locais”, afirma o FBI, em uma publicação no Twitter.

Ainda existem outras mensagens que não foram decifradas

Ainda segundo o FBI, esta não é a primeira mensagem codificada e atribuída ao assinado. Desse modo, pelo que sabemos, mais duas mensagens ainda precisam ser decifradas. E, ao que tudo indica, uma dessas mensagens deve conter a identidade do assassino. “O Assassino do Zodíaco aterrorizou múltiplas comunidades pelo norte da Califórnia e, mesmo após décadas, nós ainda continuamos a buscar justiça para as vítimas destes crimes brutais. Devido à natureza em andamento da investigação, e por respeito às vítimas e seus familiares, não faremos mais comentários neste momento”, afirma o FBI.

Em um vídeo publicado no YouTube, o grupo de três pessoas explica melhor como o código foi decifrado. De maneira simplificada, o enigma é lido diagonalmente. Assim, ele deve ser lido do canto superior esquerdo e segue descendo um quatro e dois quatro pela direita. Por fim, ao chegar ao fundo, o leitor deve seguir pelo canto oposto.

Vale lembrar também que esse método de criptografia foi encontrado em um manual destinado às forças militares dos EUA da década de 1950.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Please enter your name here