Uma queda breve no WhatsApp e todo mundo já fica em pânico, imagine um país inteiro desconectado? Assustador, não é mesmo? Principalmente nos dias de hoje, onde tudo depende da internet. Algumas horas sem acesso poderiam trazer muitos problemas. Mas a Rússia está planejando desconectar temporariamente todo o país da internet global, no intuito de fazer uma simulação de como seria uma guerra cibernética total.

Segundo informações da agência de notícias russa RosBiznes Konsalting, durante esse teste, os provedores de serviços de internet russos redirecionariam todo o tráfego da web originado no país para pontos de roteamento aprovados e gerenciados pelo órgão regulador das telecomunicações do governo.

O tráfego de Internet

Atualmente, a Rússia assim como a maioria dos países, possibilita que o tráfego de internet utilize sistemas globais para se conectar com dispositivos em todo o globo.

Essa desconexão momentânea acontecerá já nas próximas semanas. Durante esse intervalo, a internet do país teria a sua própria versão do sistema de nomes de domínio, o diretório de domínios e endereços da web. A simulação está prevista para acontecer antes do dia 1° de abril, mas ainda não tem uma data definida.

O experimento faz parte do Programa Nacional de Economia Digital Russo. No ano passado, foi apresentado um projeto de lei que tem o intuito de proteger a infraestrutura digital do país, mesmo no caso de outros países interromperem o serviço.

Proteção contra ataques cibernéticos

Todo o objetivo do programa é isolar o país dos provedores de internet estrangeiros, e manter a internet russa livre e independente, para que consiga se proteger de possíveis ataques cibernéticos.

Em 2017, o Ministério das Comunicações da Rússia anunciou o desejo de encaminhar internamente 95% do tráfego do país até 2020. Essa medida, de manter todo o tráfego da web na Rússia passando pelos pontos de controle do governo também pode fazer com que Moscou crie um sistema de censura da internet, como acontece na China.

Chamado de Great Firewall, o sistema de censura chinês, constantemente examina os sites e controla as palavras-chaves da mídia social a fim de impedir que os cidadãos tenham acesso a conteúdos desfavoráveis ao governo.

Fonte

Deixe uma resposta