O que faz um artista ser lembrado para além de seu tempo em vida? Será que a sua importância em vida ou reconhecimento após a morte que o torna “imortal”? Sem entrar nessas questões, nos perguntamos apenas, quais os artistas que mais geram dinheiro após a morte. Assim, podemos ter uma ideia de artistas que, mesmo após nos deixarem, continuam relevantes e ainda influenciam toda uma geração.

De acordo com o jornal britânico The Sun, a lista foi baseada com valores calculados entre os anos de  2010 e 2019 e que, estão presentes na revista Forbes, de negócios e economia do mundo. Dito isso, mesmo que os números sejam da década passada, temos artistas que morreram há muito mais tempo e continuam relevantes.

Nos primeiros lugares, temos os reis do rock e do pop

Em primeiríssimo lugar na lista, temos o cantor Michael Jackson, morto em 2009. Para se ter uma ideia, apenas royalties, ou seja, com direitos de uso e reprodução, o grande Rei do Pop arrecada um valor de 46 milhões de libras todos os anos.

Em seguida, temos um dos maiores autores todos os tempos,  J. R. R. Tolkien. Para os que não são familiarizados como nome, Tolkien é a mente por trás do universo de O Senhor dos Anéis. Desse modo, mesmo tendo morrido 1973, aos 81 anos, os direitos de suas obras faturam fatura 38 milhões de libras esterlinas anualmente. Em seguida, temos o Rei do Rock, Elvis Presley, que após o óbito em 1977, continua faturando uma quantidade absurda em dinheiro. São 30 milhões de libras esterlinas a cada ano. De fato, estamos falando de muito dinheiro.

Matérias selecionadas especialmente para você!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Please enter your name here