A executiva nacional do PT decidiu adiar mais uma vez o encontro estadual onde os 300 delegados votariam pela candidatura própria, ou pela aliança com o PSB, que estava marcado para o próximo domingo (10).

Defensor da aliança com os socialistas, o senador Humberto tem se articulado com a nacional para rifar Marília Arraes de disputar o governo, atrapalhando os planos de Humberto tentar a reeleição na chapa majoritária  do governador Paulo Câmara, (PSB).

Quem vencerá esse “puxa encolhe” dos petistas, Humberto ou Marília?

BFC

Deixe uma resposta