“Eu sempre disse que o PT matava. Agora, não duvido de nada de nenhum partido”

O PT mata, segundo Mara Gabrilli.

O PSDB, porém, não é muito melhor.

A Veja perguntou-lhe o que ela sentiu quando ouviu o grampo de Joesley Batista com Aécio Neves.

Ela respondeu:

“Fiquei com vergonha. Depois dessa história de 2015, comecei a ficar meio cabreira com ele. Mas há outras coisas que aconteceram em Minas Gerais. Marcos Valério, em uma das visitas que fiz a ele na cadeia, me contou de pessoas que, em nome do PSDB, ofereceram dinheiro para que ele se calasse. Para mim, isso foi o estopim. Eu sempre disse que o PT matava. Agora, no entanto, não duvido de nada de nenhum partido, inclusive do meu.”

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Please enter your name here