A partir desta sexta-feira (19) até o dia 28 de janeiro, o Sesc realiza a 11ª edição do Festival Janeiro Tem Mais Artes. A programação conta com shows musicais, dança, teatro, literatura e artes visuais nas cidades de Petrolina e Lagoa Grande, em Pernambuco, e Juazeiro, na Bahia.

Com o objetivo de valorizar a produção local, democratizar o acesso à arte e fortalecer a economia criativa, há mais de uma década o projeto amplia os espaços de apreciação estética no mês de janeiro, período onde tradicionalmente eram oferecidas poucas programações culturais na região. “O Janeiro Tem Mais Artes tem uma programação pensada a partir de espetáculos produzidos no Vale do São Francisco que tiveram estreias ou temporadas no ano de 2017, e espetáculos convidados que estão em circulação pelo Estado”, explica o supervisor de Cultura do Sesc Petrolina, Jailson Lima.

Foto: Rubens Henrique

A abertura do festival acontece no dia 19, às 19h, na Casa de Cultura Nego D’água Naenda, em Juazeiro, com o espetáculo “Yabás – Deusas do Amor e da Guerra”, apresentado pela companhia de teatro Sarau das Seis (Jacobina-BA). A classificação indicativa é de 12 anos. No mesmo horário será aberta na Galeria de Artes Ana das Carrancas, no Sesc Petrolina, a exposição “Pernambuco, Um Estado de Liberdade – A Revolução de 1817”, do Museu do Estado de Pernambuco (Recife-PE). Às 21h, a cantora Camila Yasmine (Petrolina) apresenta no Teatro Dona Amélia, também em Petrolina, o show “Ribeirinha”, título homônimo do seu primeiro álbum lançado ano passado.

No sábado (20) a programação terá início às 17h no Teatro Dona Amélia, com o espetáculo “Meu Querido Catavento”, apresentado pelo Coletivo Trippé (Petrolina-PE/Juazeiro-BA). Às 20h, a companhia Sarau das Seis volta a apresentar “Yabás – Deusas do Amor e da Guerra”, dessa vez na escada do Teatro.

No domingo (21) toda a programação acontecerá no Sesc, a partir das 17h no Espaço Alternativo, com o espetáculo “Estelita – Entre Fadas e Outros Bichos”, da Trup Errante (Petrolina). Às 20h, no Teatro Dona Amélia, a Francisca Cia de Teatro (São Paulo) apresentará o espetáculo “O Mais Pequeno Cântico Sob o Silêncio dos Pássaros”, uma travessia cênica concebida pelo ator Thiago Claro França, e dedicada a São Francisco de Assis.

Na segunda-feira (22), às 19h, acontecerá a Degustação Literária, com Gabriela Novaes (Petrolina), no Sesc. Às 20h, a dança toma conta do Teatro Dona Amélia, com o espetáculo “Onde Ele Anda é Outro Céu”, da Qualquer um dos 2 Cia de Dança (Petrolina), estrelado pelo bailarino André Vitor Brandão.

Na terça-feira (23) a Degustação Literária, com Agda Elen (Petrolina), terá inicio às 19h no Sesc. Em seguida, às 20h, no Teatro Dona Amélia, a Cia Biruta de Teatro (Petrolina), apresentará o espetáculo “Processo Medusa”. A classificação indicativa é de 12 anos. Quarta-feira (24) a Degustação Literária, com Rafaela Lins (Petrolina), será às 19h. À noite, o Núcleo de Teatro do Sesc Petrolina apresentará no Teatro Dona Amélia, às 20h, “3x Plínio Marcos”. Com classificação indicativa para maiores de 18 anos, o espetáculo expõe a poética provocante de um dos mais importantes e subversivos dramaturgos brasileiros, encenada a partir de três recortes de obras escritas entre 1966 e 1969: Navalha na Carne, Abajur Lilás e Perdidos numa Noite Suja.

A programação de quinta-feira (25) começará às 19h, com Degustação Literária, que terá à frente Diêgo Milhomens (Petrolina). No Teatro Dona Amélia, às 20h, o Coletivo Passarinho (Juazeiro do Norte) e Trup Errante (Petrolina), levam ao palco o espetáculo “Maria de Araújo e o Milagre de Juazeiro do Norte”, com o ator Rafael Moraes.

A Degustação Literária, com Amanda Barbosa (Petrolina), abrirá a programação na sexta-feira (26) às 19h. Logo depois, às 20h, no Teatro Dona Amélia, o espetáculo “O Mundo de Tonico”, dá vida ao livro de mesmo nome, do renomado fotógrafo Rafael Benevides (Petrolina). No sábado (27), Lucas Passion (Petrolina), abrirá a Degustação Literária às 19h no Sesc. Às 20h a Cia de Dança do Sesc Petrolina levará ao palco o espetáculo “Raízes para o Alto”, um projeto criado a partir do conceito de migração com a proposta de investigar as sensações daqueles que deixam sua terra natal para fincar raízes em outro lugar.

A programação do Janeiro Tem Mais Artes será encerrada no domingo (28), na comunidade quilombola do Lambedor, em Lagoa Grande. Às 17h, o Núcleo Biruta de Teatro (Petrolina) apresentará o “Ponto Poético”. Às 18h, o público poderá assistir “Kinimbá e um Rio de Encantos” com Gira Rosa (Recife). Às 19h, o Reisado do Lambedor (Lagoa Grande), Reisado Mata de São José (Orocó) e o Samba de Véio da Ilha do Massangano (Petrolina), participam de um “Encontro no Terreiro”, com muita dança.

Os ingressos para as apresentações que acontecem no Teatro D. Amélia são gratuitos para comerciários e dependentes, R$ 10 (inteira) e R$ 5 (estudante). Nos demais locais a entrada é gratuita, porém, limitada à capacidade de cada espaço.



[EA]

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Please enter your name here