A Netflix tem o apelido de “gigante do streaming” não pela quantidade de letras em seu nome. A empresa está presente em mais de 190 países mundo afora, com versões disponíveis em 22 idiomas e, atualmente, contando com mais de 100 milhões de assinantes. Esses são alguns dos números que deram a plataforma o apelido popular. Sendo assim, a Netflix possui muito mais de uma rede social basicamente para cada um dos países residentes. A empresa é bastante ativa em todas elas e sua interação com o público sempre é a melhor possível.

Em cada postagem, sempre tem algumas tantas pessoas que pedem por determinados filmes e temporadas de suas séries favoritas. No Brasil, os pedidos são sempre constantes e os brasileiros parecem não ter limites. Muitas vezes, isso rende ótimas respostas por parte da plataforma. A Netflix faz contratos de produção e distribuição com diversos estúdios ao redor do mundo. Isso lhe permite exibir certos conteúdos por tempo limitado. Ou seja, por isso, todos os meses há filmes e séries que são removidos de seu catálogo.

O mal entendido

Em outros casos, existem títulos dos quais o estúdio ou o canal possui sua própria plataforma de straming. Dessa forma, não é viável para eles liberarem os direitos de transmissão para a Netflix. Um ótimo exemplo é Game of Thrones. Até hoje há várias pessoas que insistem para ela disponibilizar a série no catálogo. O problema, porém, está no fato de o programa ser da HBO, empresa que possui seu próprio serviço de assinatura online. Outro filme bastante desejado pelos usuários é Harry Potter, todos eles.

Sempre há pedidos em publicações aleatórias pedindo por eles. A solicitação se transformou em uma espécie de tradição com o tempo. E, claro, virou até meme, com a frase “Netflix, nunca te pedi nada”. Por isso, quando surgiu a notícia que todos os filmes da saga seriam disponibilizados na plataforma, a euforia foi geral. De acordo com informações soltadas ao vento, os longas de Harry Potter chegaram no mês de novembro. Vários usuários já comemoravam e planejavam a tão desejada maratona pela Netflix.

Contudo, houve um equívoco na hora de reportarem tal informação. De fato, a Netflix divulgou em uma de suas redes sociais que os filmes de Harry Potter estariam liberados a partir do próximo mês. Infelizmente o anúncio foi feito no Twitter da Netflix França/Bélgica. Isso significa que no Brasil, ao menos por enquanto, a plataforma de streaming não tem planos de exibir Harry Potter.

Fonte

Deixe uma resposta