(Foto: ASCOM)

Distante 226 quilômetros de Juazeiro, na região entre Senhor do Bonfim e Jacobina, a cidade de Caém, no norte baiano, recebeu nesta sexta-feira (12), uma comitiva do governo da Bahia. O Governador Rui Costa não pôde comparecer e foi representado pelo o vice-governador João Leão.

João Leão entregou seis sistemas de abastecimento de água, sendo cinco simplificados e outro integrado. “Graças à responsabilidade do nosso governo, estamos conseguindo cumprir muitas metas e obrigações. Hoje estamos fazendo mais uma importante entrega, que muda a vida de muitas pessoas”, afirmou Leão.

Nas intervenções, realizadas pela Secretaria de Infraestrutura Hídrica e Saneamento (Sihs), foram aplicados recursos superiores a R$1 milhão. Mais de mil moradores das comunidades de Monteiro, Bom Jardim e Cedro foram beneficiados.

Além disso, Leão anunciou a implantação de outro sistema de água para as comunidades rurais de Poções, Várzea do Boi, Várzea da Pedra, Várzea Redonda e Zé da Costa.

O lavrador Jailson Oliveira da Silva conta que “antes era uma dificuldade, pois a comunidade não contava com água tratada. Hoje muitas pessoas estão felizes da vida”. O também lavrador Décio Araújo dos Santos lembra da importância da água para a saúde: “Estava na hora! A gente sabe que consumir água tratada é sinônimo de vida saudável”.

Foram entregues ainda 39 unidades habitacionais na comunidade de Várzea Queimada, distante 60 quilômetros da sede do município, no âmbito do Programa Nacional de Habitação Rural (PNHR).

Com investimento de R$ 1,15 milhão, as casas já possuem instalações de água e luz e contam com dois quartos, cozinha, banheiro, sala, área de serviço e varanda.

As cidades vizinhas de Caém também foram beneficiadas. Dois tratores foram entregues para os municípios de Antônio Gonçalves e Serra Preta, no valor médio de R$100 mil cada. Antônio Gonçalves, Mirangaba e Várzea da Roça ganharam três ambulâncias que irão contribuir para a saúde da região.

Para finalizar, no âmbito da agricultura familiar, a comunidade caeense recebeu 50 mil mudas de palma forrageira e a Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR) foi autorizada a celebrar quatro convênios vinculados aos projetos Pró-Semiárido e Bahia Produtiva.

WP

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Please enter your name here