Foto: Sérgio Bernardo/SEI-PE

A Secretaria Estadual de Saúde (SES) convocou mais 146 profissionais aprovados em concurso público para reforçar os serviços ligados à rede de saúde em Pernambuco, com foco no reforço da assistência hospitalar, além das áreas administrativas e ações da Agência Pernambucana de Vigilância em Saúde (Apevisa) e de hospitais do Estado. A nomeação foi publicada no Diário Oficial (DOE) de ontem (6). Com isso, já são 3.182 concursados chamados desde o início da pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

Do total de trabalhadores convocados neste sábado, 7 são médicos, 80 de outras profissões de nível superior (analistas em saúde), 40 de nível médio (assistente em saúde) e 19 fiscais de vigilância em saúde para atuação na Apevisa. Neste chamamento, a SES ampliará o quadro de pessoal de áreas administrativas da sua sede e das Geres. A Escola de Governo em Saúde Pública de Pernambuco (ESPPE) e o Serviço de Verificação de Óbitos (SVO) também foram contemplados com vagas.

O governador Paulo Câmara tem atendido constantemente nossos pedidos por nomeação de profissionais concursados para a rede ligada à SES. Para se ter uma ideia, juntando todas as convocações, já são 1.152 médicos nomeados, representando 36% de todos os convocados. Neste chamamento, além da rede hospitalar, ainda temos um olhar para as áreas técnicas da nossa Secretaria e Geres, de cargos indispensáveis para a produção e análise de dados, além de monitoramento da rede. A Apevisa também foi contemplada para reforçarmos as ações de fiscalização e vigilância”, afirma o secretário estadual de Saúde, André Longo (foto).

Na nomeação, há vagas para os hospitais da Restauração (HR), Barão de Lucena (HBL), Agamenon Magalhães (HAM), Otávio de Freitas (HOF), Getúlio Vargas (HGV), Correia Picanço (HCP), Geral de Areias (HGA) e Psiquiátrico Ulysses Pernambucano (HUP), no Recife; Jaboatão Prazeres, em Jaboatão dos Guararapes; Mirueira, em Paulista; Fernandes Salsa, em Limoeiro; Regional do Agreste (HRA) e Jesus Nazareno, em Caruaru; Dom Moura, em Garanhuns; Inácio de Sá, em Salgueiro; Professor Agamenon Magalhães, (Hospam) em Serra Talhada; e Belarmino Correia, em Goiana.

Estão sendo chamados médicos das especialidades de clínica geral, neurologia e tocoginecologia. Entre os analistas em saúde, farmacêuticos, fisioterapeutas, fonoaudiólogos, sanitaristas, contadores e analistas em educação em saúde. Já entre os assistentes, técnicos de administração e de necropsia. Os fiscais de vigilância em saúde são formados em enfermagem, farmácia e nutrição.

Seleções simplificadas

Além dos 3.182 aprovados em concurso público, a SES também convocou 5.348 profissionais aprovados em seleções simplificadas, totalizando mais de 8,3 mil profissionais. Entre as seleções, atualmente, estão sendo chamados 828 trabalhadores de saúde para iniciar suas atividades. Eles foram contactados por e-mail e têm até a próxima terça-feira (9) para fazer o envio da documentação.

Fonte: Blog do Carlos Britto

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Please enter your name here