Foto: divulgação

Identificar plantas nas fases iniciais de desenvolvimento é um desafio mesmo para especialistas na área ambiental. Com o objetivo de facilitar esse trabalho na Caatinga, o Núcleo de Ecologia e Monitoramento Ambiental (Nema) da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) produziu o Guia de Propágulos e Plântulas da Caatinga. A obra foi desenvolvida a partir do trabalho executado no Projeto de Integração do Rio São Francisco (Pisf) do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) e está disponível para download no site do Nema.

De autoria dos pesquisadores Nazareth Guedes Urquiza, Jullyanna Nair de Carvalho, Christiane Erondina Corrêa, Leonardo Bergantini Pimentel, Daniel Salgado Pifano e Renato Garcia Rodrigues, o catálogo começou a ser produzido em 2016. Envolvendo diversos profissionais, o processo iniciou ainda em campo com a coleta dos propágulos (frutos e sementes das espécies escolhidas) que seriam expostos ao procedimento de aceleração da germinação para acompanhamento das plântulas no viveiro e observação em laboratório.

Ao longo das 60 páginas, são apresentadas fotos e informações das características de 19 plantas comumente encontradas na Caatinga, como umburana-de-cheiro, angico, pereiro, aroeira, pau-ferro e juazeiro. Em cada espécie descrita são informados o período de floração e frutificação, os possíveis usos (medicinal, tecnológico, alimentício, combustível, construção), os tipos de dispersão, hábitos e procedimentos que tornam as sementes aptas a germinar. O guia ainda possui um glossário que facilita a compreensão de termos técnicos.

Nós fizemos questão que o guia possuísse boas ilustrações e fotografias, além de uma linguagem acessível para que todas as pessoas pudessem usufruir desse conhecimento científico produzido na Universidade. Então, as pessoas podem ter certeza que esse é um guia prático e nossa expectativa é que seja o primeiro de muitos”, ressalta o vice coordenador do Nema e um dos autores, professor Daniel Pifano.

De acordo com o coordenador do Nema, professor Renato Garcia, essa publicação é resultado de um contínuo aperfeiçoamento e acúmulo de conhecimento sobre o bioma. “Temos a satisfação de disponibilizarmos essa obra gratuitamente como fruto de anos de experiência, trabalho duro e amor pela ciência e pela Caatinga. Esperamos que este guia ajude pesquisadores e restauradores na importante tarefa de compreendermos cada vez melhor nossa biodiversidade”, afirma.

Lançamento

A obra foi lançada no dia 22 de novembro de 2019 para marcar o aniversário de 5 anos do Núcleo. A publicação em formato físico foi disponibilizada para o público presente durante o evento e nas bibliotecas de todos os campi da Univasf, além de outras universidades e instituições de ensino e pesquisa parceiras.

Fonte: Blog do Carlos Britto

Deixe uma resposta