Em seu discurso de derrota, Haddad, ao invés de reconhecer o resultado das eleições de 2018, tratou de tentar emplacar mais uma falsa narrativa do PT. O candidato derrotado afirmou estar preocupado com os “interesses nacionais”.

O historiador, Marco Antonio Villa, tratou de desmontar a hipócrita afirmação em comentário na rádio Jovem Pan. Villa relembrou as pixotadas petistas, em especial na figura de Celso Amorim e sua desastrosa e e quase vexatória passagem pelo Itamarati.

Confira:

Deixe uma resposta