Considerado uma referência para atendimentos de urgência e emergência nas áreas de neurologia e neurocirurgia de alta e média complexidade no Vale do São Francisco, o Hospital Universitário (HU), gerido pela Univasf, em Petrolina, atingiu a marca de 340 procedimentos cirúrgicos entre os meses de janeiro e setembro deste ano – uma média de 38 por mês. Esse número já superou as 327 cirurgias realizadas em 2015 e já está perto de igualar e ultrapassar as 388 feitas no ano passado.

Tal desempenho se torna ainda mais significativo quando se considera o alto grau de complexidade desses procedimentos, uma vez que, geralmente, uma cirurgia desta especialidade dura no mínimo quatro horas.

As melhorias no aparato tecnológico da unidade médica vêm contribuindo para isso. Entre os anos de 2016 e 2017, foram investidos mais de R$ 4 milhões na reestruturação do centro cirúrgico, com a aquisição de equipamentos de ponta como microscópio neurocirúrgico, arco cirúrgico, equipamento de radiografia, que permite a obtenção de imagens digitais do paciente em tempo real, a partir de diferentes perspectivas durante a cirurgia, além de um aspirador ultrassônico (utilizado na remoção de tumores cerebrais e do sistema nervoso central).

O número de atendimentos ambulatoriais no HU também tem crescido de forma relevante. De janeiro a setembro deste ano a unidade registrou 1.182 atendimentos de neurologia e 1.002 de neurocirurgia. As informações são da assessoria.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Please enter your name here