O Hospital Regional de Juazeiro (HRJ) continua com serviços reduzidos. Desde o último dia 5, os atendimentos eletivos foram suspensos e apenas a urgência e emergência estão funcionando normalmente, além do atendimento a pacientes que já estavam internados na unidade.

O motivo, segundo informações, seria uma dívida do Estado da Bahia com a Associação de Proteção à Maternidade e à Infância de Castro Alves (APMI), empresa que gere o hospital. Mas essa informação foi negada pela Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab). O Blog entrou em contato com a assessoria do HRJ, mas a APMI ainda não se posicionou.

O Sindicato dos Médicos do Estado da Bahia (Sindimed-BA) manifestou “extrema preocupação quanto ao estado de carência do hospital“. Além da suposta dívida, segundo o sindicato, ainda existe a “ausência de recursos para adquirir insumos básicos ao atendimento“. O HRJ é referência em atendimento para quase 54 municípios (entre Bahia e Pernambuco) do entorno de Juazeiro.



Fonte

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Please enter your name here