Grande Rio FM/ Gabriela Canário

O prefeito de Santa Maria da Boa Vista, Humberto Mendes (PTB), vive um momento de indecisão quanto ao apoio que vai prestar nas eleições de 2018. É o que o político pertence ao mesmo partido – o PTB – do senador Armando Monteiro, que é pré-candidato ao Governo de Pernambuco, integrando o grupo de oposição a Paulo Câmara. “Existe uma questão muito local. Armando está aliado com pessoas que foram contra minha candidatura em 2016 e tenho certeza que será contra na minha reeleição. Claro que isso não é empecilho e eu prezo muito pela fidelidade partidária”, explicou.

Se de um lado, existe a pressão da fidelidade partidária, do outro, Humberto enfrenta o histórico político que o alavancou até o executivo de Santa Maria da Boa Vista com o apoio do Partido dos Trabalhadores, inclusive do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. “Tenho uma simpatia muito grande pelo Partido dos Trabalhadores. Eu procuro agradecer pelo que fazem por mim e o PT fez muito por mim, isso pesa muito na minha decisão”, disse Humberto.

A decisão está adiada e pode ser anunciada apenas próximo às convenções. Enquanto isso, o prefeito conversa com os grupos e analisa o futuro político, tendo em vista que dentro de dois anos ele almeja a reeleição. “Tenho uma conversa com o senador na semana que vem, mas devo decidi perto das convenções. Não é fácil essa decisão. Nada está descartado”, acrescentou.

Além disso, um outro peso: Humberto apoia o Deputado Federal Fernando Monteiro (PP) que, inclusive, descartou a hipótese do chefe do executivo de Santa Maria apoiar Armando Monteiro Neto nas eleições de 2018 – um apoio considerado importante no Sertão do São Francisco. “Voto com o Deputado Fernando Monteiro que é ligado a Paulo Câmara. Tem que pesar muito porque temos que pensar no futuro político”, explicou.

 

BFC

Deixe uma resposta