Se você tem acompanhado as últimas notícias, está bem ciente da gravidade da epidemia do coronavírus. Em pouco tempo, o vírus se espalhou pelo mundo e vem causando um verdadeiro caos. A Organização Mundial da Saúde inclusive já declarou o coronavírus como uma emergência de saúde pública global. Isso devido as grandes proporções que o surto tomou tão rapidamente, fazendo milhares de vítimas. O medo é real, e agora, as pessoas estão assustadas procurando formas de evitar o contágio. Mas principalmente, encontrar um cura definitiva para a doença.

Em meio à corrida contra o tempo, vários países já estão mobilizados nessa missão de encontrar alguma forma de tratar a doença. Tudo isso, para evitar que o número de vítimas aumente ainda mais. Até o momento, a primeira vacina contra o novo coronavírus só deve ficar pronta em 18 meses, segundo informações da OMS. Mas o ator Jackie Chan tem uma proposta para tentar agilizar esse tempo. Caso uma pessoa ou instituição consiga criar uma cura para o coronavírus, o ator promete uma rica recompensa. No entanto, a nobre causa vai muito além de dinheiro, é uma questão de salvar vidas.

A proposta

O ator Jackie Chan entrou na luta, em busca da cura para o novo coronavírus. Dada a atual crise global, Chan está oferecendo 1 milhão de yuans, o equivalente a R$ 615,5 mil a quem desenvolver uma vacina eficaz contra o coronavírus.

Até o momento, o novo vírus já foi responsável por, pelo menos, 1.800 mortes e 70 mil pessoas contaminadas na China. Em um post em uma rede social chinesa, o ator afirmou que estava emocionado com as pessoas estarem lutando tão bravamente contra a doença. “Superar a epidemia é inseparável do apoio da ciência e da tecnologia, acredito que muitas pessoas pensam o mesmo que eu”, disse o ator, comovido com a situação.

E na tentativa de contribuir com essa causa e ajudar as pessoas, ele fez uma proposta. “Se alguém, seja uma pessoa ou uma instituição, pode criar uma vacina eficaz contra o vírus, eu gostaria de oferecer a ele 1 milhão de yuans, como sinal da minha gratidão”.

“Espero que todos entendam que não se trata de dinheiro. Não quero ver as pessoas sofrerem e morrerem enquanto poderiam aproveitar a vida”, finalizou o ator.

A vacina

No dia 11 de fevereiro, o diretor geral da Organização Mundial da Saúde, Tedros Adhanom, afirmou que uma vacina oficial contra o novo coronavírus poderia ficar pronta em um ano e meio. Para isso, a OMS fez um pedido de investimento internacional. Seriam necessários mais de 670 milhões de dólares para desenvolver a fórmula de imunização.

“Enquanto isso, podemos fazer muito para impedir a transmissão e nos preparar para qualquer nova disseminação. É importante lembrar que nós precisamos de investimento para conter o surto de coronavírus agora”, declarou Adhanom. Além disso, a organização também anunciou uma equipe das Nações Unidas para gerenciar a crise causada pelo surto.

E você, o que achou da atitude do ator? Acredita que isso possa ajudar no combate à doença? Conte para a gente nos comentários e compartilhe com os seus amigos.

Deixe uma resposta