JBS recua quase 4% e empresa perde R$ 955 milhões em valor de mercado

As ações da JBS caíram quase 4% nesta segunda (18) e a empresa perdeu quase R$ 1 bilhão em valor de mercado nesta sessão, após o conselho de administração da empresa apontar o pai de Joesley e Wesley Batista como novo diretor executivo da companhia.

Os papéis da empresa fecharam o dia com queda de 3,95%, a R$ 8,50. Com isso, a empresa encerrou a segunda com um valor de mercado de R$ 23,194 bilhões, contra R$ 24,149 bilhões na sexta (15). É uma diferença de R$ 955 milhões.

A queda desta sessão ocorreu após o conselho de administração da empresa apontar José Batista Sobrinho, conhecido como Zé Mineiro, para o cargo de diretor executivo da companhia, em substituição a Wesley Batista, preso na última quarta (13).

 

O mercado esperava que, com a saída de Wesley, a empresa tivesse uma gestão mais profissional e menos ligada à família Batista, envolvida em escândalos desde o vazamento da delação de Joesley, em maio.

“As ações da JBS continuam com muito volatilidade, oscilando conforme as notícias”, afirma Marco Saravalle, analista da XP Investimentos. Para analistas, as perspectivas para a empresa não são favoráveis, considerando que ela tem vendido ativos para tentar diminuir seu endividamento, enquanto novos escândalos continuam turvando o cenário para a companhia.

“É uma ação bastante volátil e é difícil pensar no longo prazo em uma empresa mergulhada nesse turbilhão, que está se desfazendo de ativos e que tem um acordo de delação de dois executivos sendo revisado”, afirma Ignácio Crespo, economista da Guide Investimentos.

O nome de Zé Mineiro foi aprovado por unanimidade no colegiado, inclusive pela representante do BNDES, que, segundo o banco, votou por conta própria, sem consultar o comando da instituição. Nesta segunda, o BNDES indicou dois novos representantes no conselho de administração da JBS. Com informações da Folhapress.



Fonte

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Please enter your name here