Jovem negro abraça neonazista e questiona: ‘por que você me odeia?

Os embates entre grupos supremacistas brancos e antifascistas estão se tornando cada vez mais violentos nos EUA, com agressões de lado a lado. Na semana passada, no entanto, o técnico de futebol americano Aaron Courtney tentou uma outra abordagem. Durante uma manifestação supremacista na Universidade da Flórida, em Gainesville, Courtney, que é negro, abraçou um jovem que vestia uma camisa com suásticas estampadas e questionou: “Por que você me odeia”?

O jovem abraçado era Randy Furniss, que já havia levado um soco no rosto de outro manifestante contrário à demonstração supremacista. Courtney escolheu a demonstração de afeto para questionar o ódio racial.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Please enter your name here