Começa hoje (12) e segue até a próxima sexta-feira (15), o III Simpósio Micológico do Semiárido (SIMS), que acontece no Complexo Multieventos da Univasf, em Juazeiro, e contará com apresentações de pesquisadores da Embrapa em diferentes áreas.

Em sua terceira edição, o Simpósio traz como tema a “Expansão da micologia no Brasil: da era Chaves Batista às ômicas”. O objetivo é promover o debate entre pesquisadores, estudantes e professores sobre a evolução e os avanços da micologia nos últimos anos.

Durante a programação serão discutidos ainda temas como Fungos em formações vegetais no Semiárido, descoberta de espécies de liquens na região, Diversidade de Agaricomycetes lignocelulolíticos na Caatinga e Probióticos na produção animal, entre outros. A programação completa está disponível no site do Simpósio (www.micologia.uttersensor.com).

Alguns pesquisadores da Embrapa Semiárido estarão ministrando palestras. Nesta quarta (13), às 9h, Maria Angélica G. Barbosa (Petrolina-PE), profere a palestra “Fungos fitopatogênicos de importância quarentenária”. Giuliano Elias Pereira, da Embrapa Uva e Vinho (Bento Gonçalves-RS) com atuação no Semiárido, participa da mesa redonda “Aplicação de fungos em processos biotecnológicos”, com a palestra “Estudos sobre leveduras Saccharomyces cerevisiae em uvas e vinhos tropicais do Vale do São Francisco”, a partir das 10h de sexta-feira (15).

O evento é realizado pela Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), Universidade do Estado da Bahia (UNEB) – Campus III e VII, Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), Universidade de Pernambuco (UPE), Embrapa Semiárido e Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sertão Pernambucano (IF Sertão-PE).



Fonte

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Please enter your name here