Justiça Estadual de Pernambuco reconhece a legitimidade do processo de dissolução do Diretório Estadual do MDB de Pernambuco. Decisão interlocutória assinada nesta quinta pelo juiz Alberto Freitas afirma:

“Revogo parcialmente a tutela de urgência de natureza cautelar anteriormente deferida, no tocante à suspensão do processo de dissolução do Diretório Estadual do PMDB em Pernambuco e autorizo que o procedimento seja promovido pela Comissão Executiva Nacional, nos termos do Estatuto registrado no TSE”.

Portanto, não restam obstáculos para que a Comissão Executiva Nacional da legenda dar continuidade ao processo de dissolução do Diretório Estadual, nos termos do Estatuto registrado no Tribunal Superior Eleitoral.

“Essa decisão respeita a determinação da Executiva Nacional do partido”, comentou o senador Fernando Bezerra Coelho.








[EA]

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Please enter your name here