De acordo com a leitora, a situação está crítica para quem reside na comunidade de Água Branca, zona rural de Petrolina. Os moradores estão há mais de 30 dias sem abastecimento de água, que era realizado pelos carros-pipa do Exército.

“Já estamos há mais de mês sem receber água do Exército. Aqui tem um senhor, de 71 anos, doente, que a esposa precisa lavar roupa todos os dias por conta da doença e estão com a cisterna seca.”, denuncia a leitora.

Com a palavra o 72º Batalhão de Infantaria Motorizado de Petrolina.

Estamos de olho!






Fonte

Deixe uma resposta