A caçada aos criminosos continua, implacável. O Ministro da Justiça e Segurança Pública talvez seja o homem mais competente e íntegro do Brasil. E não se iludam, enquanto a esquerda e os corruptos berram, têm faniquitos, dão chiliques e se estrebucham, Moro trabalha em silêncio.

Com todo o respeito, é o famoso “come quieto” da equipe de ministros do governo Bolsonaro. Discreto, é casado com a elegantíssima Rosângela Wolff Moro.

Sob o comando do Ministro, A PF acaba de prender em São Paulo o doleiro Dario Messer, que estava foragido desde o ano passado.

O doleiro, que é réu na Justiça Federal na Operação Câmbio, Desligo, é alvo de investigações desde a década passada, ainda no caso Banestado, e no Mensalão. Tem o apelido de “doleiro dos doleiros”.

Segundo a Folha, “Dario Messer é acusado de coordenar um megaesquema de lavagem de dinheiro, com o uso de processos sofisticados como contas de distribuição dos recursos e mais de 400 clientes, incluindo o ex-governador do Rio Sérgio Cabral, preso pela Lava Jato desde 2016.”

(…)

A Operação Câmbio, Desligo, na qual ele foi o principal alvo, é até hoje a maior fase da Lava Jato em número de presos, com 49 mandados de prisão preventiva expedidos pelo juiz federal Marcelo Bretas.”

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Please enter your name here