Militante que ameaçou juízes do caso Lula é enquadrado pela PF

Militante do PCdoB Urias Rocha que ameaçou “estourar cabeças”. Na frente da PF, afinou. Informa a Veja

Em áudio que circula pelas redes sociais, ele diz o seguinte:

“Se Lula for condenado, temos que brigar até as últimas consequências. Se precisar guerrear, nós temos que guerrear, nós temos que lutar. Nós temos que ir pra rua, ir pro pau. Nós temos que lutar. Talvez, quem sabe, até guerrilha. Montar guerrilha, começar a estourar cabeça de coxinha, de juiz, né, mandar esses golpistas para o inferno (…) Se nós precisar derrubar o prédio, tem que derrubar. Se precisar lutar, tem que lutar. Se precisar pegar cada um daqueles juízes depois da condenação, tem que pegar.”

Diante dos policiais, em depoimento, Urias Rocha confirmou a autoria e o teor da gravação, mas disse que é contra “qualquer tipo de violência”. Ele desistiu de ir a Porto Alegre.

O militante não será indiciado pela PF, porque os investigadores entenderam que se tratava de “crime de menor potencial ofensivo”.


Post Views:
204

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Please enter your name here