Através de concessão do efeito suspensivo da condenação criminal aplicada pelo Tribunal de Justiça do Estado da Bahia, o Ministério Público baiano mantém a candidatura de Isaac Carvalho a deputado estadual indeferida.

“Insiste no indeferimento da concessão do efeito suspensivo da condenação criminal” diz a Procuradora Geral de Justiça Adjunta Sandra Mandra Moraes Rusciolleli Souza.

No dizer do documento do Ministério Público, Isaac estaria inelegível, em consequência da condenação contra o ex-prefeito de Juazeiro (BA) por crimes contra a administração pública, suspensos os seus direitos políticos por conta da Lei da Ficha Limpa.

 






Fonte

Deixe uma resposta