Um grupo de motoristas de aplicativo foi até o Fórum de Juazeiro (BA), na manhã desta sexta-feira (17), onde aconteceu uma audiência de custódia de um dos elementos acusados pela tentativa de homicídio contra Joel Victor de Souza, 21 anos, na noite da última quarta-feira (15). O resultado da justiça foi comemorado pelos profissionais.

Ficou decidido que Laércio Lima Oliveira, 30, vai ficar preso pelo crime.

Na noite da última quarta-feira (15), Joel foi esfaqueado no Bairro Kidé, na cidade baiana, enquanto transportava Laércio e outros dois elementos que se passaram por clientes de aplicativo. Esses dois comparsas – outro homem e uma mulher – estão foragidos.

Nota

Por meio de nota, a Uber – uma das empresas de aplicativo de transporte individual de passageiros – lamentou a “violência que permeia em nossas cidades”. Ao mesmo tempo em que se solidariza com Victor, a Uber se colocou à disposição para “colaborar com as autoridades no curso de investigações ou processos judiciais, nos termos da lei”.








Fonte: Blog do Carlos Britto

Deixe uma resposta