Isaac Carvalho. (Foto: Blog do Carlos Britto)

O Ministério Público da Bahia (MPBA) insiste no indeferimento da concessão do efeito suspensivo da condenação criminal aplicada pelo Tribunal de Justiça do estado (TJBA) em maio de 2016 para que o ex-prefeito de Juazeiro e atual candidato a deputado federal, Isaac Carvalho (PCdoB), fique inabilitado, por cinco anos, a exercer algum cargo ou função pública. A movimentação no TJBA aconteceu esta semana e voltou a causar burburinho na cidade.

Mas o julgamento do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-BA) sobre a candidatura de Isaac Carvalho só deve sair na segunda-feira (17) – prazo máximo estabelecido pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para julgar casos de inelegibilidade. Pelo menos por enquanto a candidatura de Isaac segue aguardando julgamento.

Fonte

Deixe uma resposta