Foto: Blog do Carlos Britto

O Ministério Público de Pernambuco (MPPE), por meio da 4ª Promotoria de Justiça de Defesa da Cidadania de Petrolina, respaldou a decisão do prefeito Miguel Coelho, em apertar novamente as medidas restritivas de combate ao avanço do novo coronavírus (Covid-19) na cidade. A partir da próxima segunda-feira (13), apenas serviços essenciais serão mantidos para a população.

De acordo com Miguel, o próprio Supremo Tribunal Federal (STF) já declarou que prevalecerá nesse momento “a prioridade em salvar vidas, por mais restritivas que sejam essas medidas”, independente se em relação ao Estado ou à União haja uma flexibilização nesse sentido. A recomendação do MPPE também orienta as entidades de lojistas a acatarem o novo decreto municipal, bem como às autoridades de segurança pública exercerem a devida fiscalização no cumprimento do decreto.








Fonte: Blog do Carlos Britto

Deixe uma resposta