(Foto: Reprodução)

Danúbia Rangel, mulher do traficante Nem da Rocinha, foi presa nesta terça-feira (10) e negou participação no tráfico de drogas da Rocinha enquanto era conduzida por policiais.

“Eu não fiz nada”, disse Danúbia, chorando muito, ao ser questionada por repórteres se estava arrependida e se foi expulsa da comunidade. Por volta das 20h20, Danúbia estava na Delegacia de Combate às Drogas, na Cidade da Polícia, prestando depoimento. Em seguida, será encaminhada para o Complexo Penitenciário de Bangu, na Zona Oeste do Rio

A prisão de Danúbia foi feita por agentes da 39ª DP (Pavuna) e da 52ª DP (Nova Iguaçu), na Ilha do Governador. No fim de tarde, a “primeira-dama do tráfico” foi levada para a Cidade da Polícia.

Ao ser presa, Danúbia saía na casa de uma amiga, dirigindo um carro na Rua Carlos Magno, um dos acessos ao Morro do Dendê. Segundo agentes que efetuaram a prisão, Danúbia não quis dar muitas declarações. Disse apenas que que tem poucas informações do marido, já que não podia visitá-lo por estar foragida, e que não sabe praticamente nada da guerra da Rocinha.

Com informações do G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Please enter your name here