“Não recebi nenhuma oferta de valor para inserir dispositivos mais benéficos no Decreto dos Portos.” Disse Temer a PF

O presidente Michel Temer finalizou seu depoimento, por escrito, à Polícia Federal no inquérito do Supremo Tribunal Federal que apura se o decreto de Portos beneficiou a empresa Rodrimar, implicada na delação da J&F e que atua no Porto de Santos.

“Não recebi nenhuma oferta de valor para inserir dispositivos mais benéficos no Decreto dos Portos, ainda que em forma de doação de campanha eleitoral. Em tal hipótese, minha reação seria de enérgica repulsa, seguida da adoção das medidas cabíveis. Nunca solicitei que os Srs. Rodrigo Rocha Loures, João Batista Lima Filho ou José Yunes recebessem recursos em meu nome em retribuição pela edição de normas contidas no Decreto dos Portos. Reitero a agressividade, o desrespeito e, portanto, a impertinência, por seu caráter ofensivo, também dessa questão, tal como das anteriores”.

 

LEIA A INTEGRA AQUI

 


Post Views:
1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Please enter your name here