Pelo menos em tese, o atual momento do PSB em Petrolina não deverá ter reflexos negativos para a cidade. Como já é notório, o ex-partido do senador Fernando Bezerra Coelho – que tinha o filho dele, o atual prefeito Miguel Coelho, no comando da comissão provisória -, agora reza na cartilha do deputado federal Gonzaga Patriota, que reassumiu a legenda no último final de semana.

Na campanha municipal do ano passado, o então candidato Miguel Coelho cantou em verso e prosa o alinhamento político de forças, caso fosse eleito. E foi. Mas esse alinhamento durou pouco. Com a ida do pai dele para o PMDB, o grupo passa para a linha de oposição ao governador Paulo Câmara (PSB).

Miguel, no entanto, continua no ninho socialista até a próxima janela partidária, quando deverá também fazer a travessia para o PMDB. E só não já saiu pelo risco de perder o mandato por infidelidade partidária. Mas o tom de Gonzaga é de manter o respeito com o grupo político de FBC.

O deputado até andou prometendo ao prefeito emendas de sua autoria para ajudá-lo a administrar Petrolina. Por enquanto, continua valendo o discurso de unidade visto na campanha passada. Até onde, só o tempo dirá.



Fonte

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Please enter your name here