Operador de propinas de Cunha passa a ser homem-chave de novas delações

Andréia Sadi
G1 Brasília

Apontado como emissário de propinas de Eduardo Cunha, Altair Alves Pinto tinha relação com outros peemedebistas do núcleo ligado ao presidente Michel Temer. Fontes relataram ao Blog que o ex-ministro Geddel Vieira Lima tinha relação direta com Altair, apontado por delatores – como Fernando Baiano e Joesley Batista – como responsável pelo transporte de propinas pagas ao ex-presidente da Câmara. O empresário da JBS, inclusive, afirmou a investigadores que era Altair quem recebia os pagamentos para que Cunha não fizesse uma delação premiada.

Altair é um personagem-chave das relações de Cunha. Em 2015, a Polícia Federal encontrou na casa do então presidente da Câmara, no Rio, um táxi que estava registrado em nome de Altair Alves Pinto. À época, Cunha afirmou que “eventualmente” ele alugava o carro para a prestação de “serviços gerais”.

 ASSUNTOS PARTICULARES – Segundo o Blog apurou, Temer chegou a receber relatos de seus aliados de que eles tinham conhecimento das funções de Altair, um “faz-tudo” de Cunha.   Geddel, segundo apurou o Blog, já admitiu ao presidente ter contato com Altair. Em conversas reservadas, ele costumava dizer a interlocutores que cuidava de assuntos particulares com Altair.

Outro ex-assessor de Temer, Rodrigo Rocha Loures teria abordado o assunto em uma conversa reservada com o peemedebista durante uma viagem internacional, quando ele ainda era vice-presidente da República.

NINGUÉM CONHECE – O Blog procurou os citados com uma série de questões sobre a relação deles com Altair. A defesa de Geddel disse que só fala sobre o que tem acesso – e que não trabalha “com suposições”.

A defesa de Rocha Loures, por sua vez, disse “tratar-se de informação absolutamente improcedente”. E que Loures não conhece Altair e nunca foi apresentado a ele.

O Planalto afirmou que o presidente “não sabe quem é”. Não ouviu nada sobre e não conhece Altair.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Please enter your name here