O programa acertado prevê a recuperação do rio São Francisco por 30 anos, sendo R$ 350 milhões nos primeiros 15 anos. (Foto: Arquivo)

A reunião entre o presidente Michel Temer e ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho ganhou ritmo acelerado e proposta de privatização da Eletrobras poderá ser enviada até quinta-feira (9) à Câmara.

O modelo de projeto de lei é o defendido pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), que promete agilizar a votação. Segundo informações divulgadas pelo G1, na reunião da manhã de hoje entre Temer e ministros, ficou acertado que o projeto de lei terá um compromisso de verba para o São Francisco para tentar quebrar a resistência da “bancada da Chesf”.

O programa acertado prevê a recuperação do rio São Francisco por 30 anos, sendo R$ 350 milhões nos primeiros 15 anos. O ministro de Minas e Energia ressaltou que, além do dinheiro para a União, parte dos recursos irão abater encargos setoriais. “Isso fará com que o consumidor pague menos”, enfatizou.

Com informações do G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Please enter your name here