“Nosso intuito é que todo ano tenha concurso”, diz Câmara. (Foto: Arquivo)

Durante solenidade de abertura do curso de formação profissional da Polícia Civil e Polícia Científica, o governador Paulo Câmara (PSB) admitiu, diante dos números alarmantes de violência, que há uma defasagem no número de delegados em Pernambuco, nesta segunda-feira (2).

Para reverter esse quadro, Câmara afirmou que em 2018 serão abertos concursos anuais, para repor os cargos deixados por servidores aposentados.

“A meta é que todas as delegacias tenham suas equipes formadas para que não haja mais nenhum tipo de prejuízo de acumulação, ou seja, um delegado precisar acumular uma, duas ou até três delegacias e também o plantão do fim de semana. Esse é um número para o momento que nós vivemos. É um número grande de policiais que vão dar vazão aos inquéritos, investigar mais e poder, realmente, dar respostas mais rápidas no tocante à investigação”, afirmou Paulo Câmara.

“Nosso intuito é que todo ano tenha concurso, com número menor de vagas, evidentemente, mas para repor as pessoas que vão se aposentando. Para que a gente não tenha ‘claros’, como está ocorrendo agora, que terminou sendo ruim diante do aumento da violência no estado”, disse o governador.

Com informações do G1



Fonte

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Please enter your name here