O Conselho Estadual de Preservação do Patrimônio Cultural elegeu os seis novos Patrimônios Vivos de Pernambuco 2019, dois deles no Sertão.

Os candidatos Mestre Aprígio que é artesão do couro em Ouricuri  e Assis Calixto, mestre de coco, de Arcoverde, foram um dos seis ganhadores do 14º Concurso do Registro do Patrimônio Vivo do Estado de Pernambuco – RPV-PE.

Além da dupla, foram escolhidos nesta edição do concurso o Mestre Saúba (Brinquedos populares e mamulengos, de Jaboatão dos Guararapes); Maracatu de Baque Solto Cambinda Brasileira (Nazaré da Mata);  Mestre Nado (artesão de instrumentos musicais feitos de barro, de Olinda) e Tribo Indígena Carijós do Recife (Caboclinho, do Recife).

Com o  resultado  divulgado na última quarta-feira (10),  pernambuco passa a contar com 63 patrimônios vivos e fortalece ainda mais a formação cultural no estado.

(Foto: Kleber Gomes)














Fonte

Deixe uma resposta