Depois de restabelecer a gratuidade no transporte público para as pessoas com necessidades especiais, a Prefeitura de Petrolina ampliou o benefício às pessoas com deficiência intelectual. O decreto 076/2017 – que restabeleceu o benefício – não atendia algumas deficiências, que agora foram incluídas no rol da gratuidade.

De acordo com o novo decreto 110/2017, passam a ser beneficiadas também pessoas com déficit cognitivo ou adquirido, nanismo, paralisia cerebral, assim como transtornos mentais, desde que tenham renda familiar igual ou inferior a dois salários mínimos.

Segundo a secretária executiva da Mulher e Acessibilidade, Talita Andrade, a ampliação é uma forma respeitar essa faixa de público. “O prefeito Miguel Coelho teve a sensibilidade de restabelecer a gratuidade e agora com este novo decreto mais pessoas poderão ser atendidas. Isso representa um ato de respeito aos direitos das pessoas com deficiência“, disse a gestora da pasta.

Pedido

As pessoas incluídas no novo decreto, que já fizeram a solicitação da gratuidade e tiveram o pedido indeferido, devem comparecer das 8h às 12h à Secretaria da Mulher e Acessibilidade, localizada na Avenida Gilberto Freire, s/n°, Vila Mocó, área central da cidade. Informações podem ser obtidas através do número (87) 3867-3516.



Fonte

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Please enter your name here