O Petrolina chega à final do Campeonato Pernambucano Série A2 com a melhor campanha entre os clubes. Na primeira fase o time conquistou 16 pontos em seis jogos. Foram cinco vitórias (duas por W.O) e um empate. A Fera Sertaneja não sabe o que é derrota na competição estadual. Para o jogo de ida da final do campeonato, nesta quarta-feira (31), às 20h, no José Vareda, o clube pretende levar, mais uma vez, a força do Tigre do Sertão para os gramados pernambucanos.

Nos 10 jogos disputados, o Petrolina balançou as redes 14 vezes e só tomou cinco gols. Com a preparação para a finalíssima sendo feita desde o dia 17 de outubro, quando garantiu a vaga para a decisão, a Fera Sertaneja ficou no aguardo do seu adversário que só foi definido na última sexta-feira (26), quando o Centro bateu o Serrano por 3 x 2. A partir daí, Pedro Manta, técnico do tricolor petrolinense, começou a estudar o Dragão para preparar sua equipe para a partida.

“Pegamos alguns jogos deles, alguns vídeos, estamos fazendo algumas avaliações do adversário. Eu estive no primeiro jogo, lá em Afogados da Ingazeira, quarta-feira passada. É uma boa equipe a do Centro, uma equipe bem posicionada, muito forte. O campo lá em Limoeiro é um capo de bola viva. Desse jogo passado eu já estou com VT dele, já tenho o jogo todo para dar uma analisada. É um rival forte, que a gente está fazendo uma leitura dele, entendendo a maneira de jogar deles. É um time muito rápido, muita bola parada, ofensiva, eles jogam muito de primeira”, disse Pedro Manta.

A arbitragem para o confronto de hoje, já foi definida. Luz Sobral irá comandar a partida com o auxílio de Bruno Vieira e Danielle Andrade. Vanderley Nascimento será o quarto árbitro.

Fonte

Deixe uma resposta