Aproveitar ao máximo as águas de poços tubulares para ampliar a produção e renda dos agricultores de Petrolina. Essa é a ideia principal do projeto ‘Terreiros Produtivos’, que foi iniciado esta semana, na fazenda Carretão, comunidade de Caititu, zona rural do município.

A primeira unidade beneficiada está sob monitoramento dos técnicos da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Agrário. Nesse trabalho, os agricultores são orientados a empregar a água salobra de forma correta, técnica e em quantidades pré-estabelecidas nas pequenas plantações de espécies características da região. A unidade demonstrativa utilizará a água de um poço tubular perfurado na gestão do prefeito Miguel Coelho. A vazão do sistema de abastecimento é de 3.000 litros/hora e irrigará, inicialmente, uma área de 0,5 hectares de palma e 0,4 hectares de sorgo forrageiro.

De acordo com o secretário executivo de Desenvolvimento Rural e Irrigação, André Jackson de Holanda, a Unidade Produtiva é um Instrumento Metodológico que tem como meta difundir a tecnologia para 200 agricultores dos núcleos de Caititu, Cruz de Salinas e Uruás, num primeiro momento. Segundo ele, o aproveitamento das fontes de recursos hídricos salinos e salobros é uma alternativa pra abrandar a crise do abastecimento de água, especialmente nas zonas áridas e semiáridas.






DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Please enter your name here