Por: Blog Edenevaldo Alves –


“Eles conseguem driblar fiscalização, polícia e tudo mais para vender vaga na fila”. O relato de uma beneficiária do auxílio emergencial, que prefere não ser identificada, é para denunciar a comercialização ilegal de vagas na fila da Caixa Econômica Federal em Petrolina (PE).

A leitora disse que a ação do grupo que pratica essa irregularidade intimida  os beneficiários, e ninguém tem coragem de reclamar.

“Se você for de madrugada, você não encontra vagas na frente porque já estão vendidas”, lamentou. A leitora afirma que o problema acontece desde o início,  e se sente lesada com a impunidade.  “Um absurdo o que esse povo faz e ninguém faz nada”, concluiu.














DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Please enter your name here