Thiago Elieser Santos, conhecido como “chiclete”, o programador preso na semana passada pela Polícia Federal, repentinamente teve um salto enorme em seu padrão de vida, conforme atestaram as investigações.

Tido como um respeitado hacker no submundo da internet, tudo indica que ele seja o mentor de Walter Delgatti Neto, o o Vermelho, responsável pelas invasões das contas de Telegram de centenas de autoridades, entre elas o coordenador da Lava Jato em Curitiba, Deltan Dallagnol.

A PF já rastreou, segundo fontes ligadas a investigação, mais de R$ 3 milhões em contas de uma pessoa ligada a Chiclete.

Verdevaldo deve estar apavorado.

O outro preso, Luiz Molição, ligadíssimo a Vermelho, amigo inseparável, que teria sido o depositário de inúmeras mensagens roubadas, foi encontrado por intermédio de um áudio onde conversa com um interlocutor com sotaque estrangeiro.

É provável que seja Glenn.

Gradativamente, tudo vai sendo descoberto.

Fonte: Revista Crusoé

Deixe uma resposta