PF mira ex-diretores do Banco do Nordeste por fraudes em empréstimo concedido a cervejaria

A Polícia Federal e a Controladoria Geral da União (CGU) deflagaram, nesta sexta-feira (22), a Operação Caixa 3 contra ex-diretores do Banco do Nordeste, investigados por gestão fraudulenta. Autorizadas pela Justiça Fedederal no Ceará, as buscas e apreensões foram realizadas em cinco estados. Informações da Coluna Expresso Época.

Os suspeitos são acusados de descumprir normas da instituição financeira quanto à avaliação de risco, entre outras irregularidades, ao substituir a garantia de um financiamento concedido à Cervejaria Itaipava. Época revelou os detalhes da operação e os bastidores da negociação em reportagem publicada em janeiro de 2015.

De acordo com a matéria, a empresa de Walter Faria, próximo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, doou  R$ 17 milhões à campanha da petista Dilma Rousseff nas eleições de 2014, após o Conselho de Administração do BNB, controlado pelo governo federal, autorizar que a  fiança bancária dada em garantia da operação fosse troca pela hipoteca da planta industrial de uma fábrica de bebidas, iniciativa considerada lesiva ao banco de acordo com os investigadores.


Post Views:
3

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Please enter your name here