Planalto espalha notícia falsa para alegar que Temer “está bem de saúde”

A excelente repórter Andréia Sadi, da GloboNews, confirma a informação da Tribuna da Internet de que Temer antecipou a ida a São Paulo para esta sexta-feira (dia 27). Como se sabe, na quarta-feira o presidente foi internado no Hospital do Exército e diagnosticado com uma obstrução urinária. Segundo a repórter, desde então o presidente tem sido aconselhado a viajar para a capital paulista pelo seu médico, Roberto Kalil, para fazer novos exames e definir o tratamento com o urologista Miguel Srougi.

Depois que saiu o artigo na “Tribuna da Internet”, informando sobre a gravidade da doença de Temer, pois foi um sangramento que causou o coágulo na uretra, provocando fortes dores e impedindo que Temer urinasse normalmente, os assessores do Planalto estão espalhando uma falsa notícia, sem base na realidade.

ASPIRINA – Alegam os assessores que o problema de saúde do presidente não é grave, porque o sangramento que provocou o coágulo teria sido causado por uso de aspirina, prescrita pelo médico Roberto Kalil, do Hospital Sírio-Libanês para evitar problemas com a obstrução parcial de uma artéria coronariana, que está a exigir um cateterismo e aplicação de stent, para normalizar a função cardíaca de Temer.

Todo sabem que aspirina afina o sangue e pode causar sangramento, mas a notícia do Planalto é falsa e incompleta. A aspirina é um ácido, absorvido em meio ácido (o estômago). Provoca sangramento se o paciente tiver uma úlcera. Não há como a aspirina vir a causar sangramento na bexiga, seu efeito seria de aumentar a hemorragia de lesão ou tumor já existente. O resto é conversa fiada.

por: Tribuna da internet

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Please enter your name here