Na manhã desta terça-feira (19), a Secretaria de Defesa Social, através da Polícia Civil de Pernambuco, no âmbito do Pacto pela Vida, deflagrou a Operação “Destinos Cruzados”, com o apoio da Secretaria da Fazenda do Estado de Pernambuco (SEFAZ/PE), sendo a 34ª Operação de Repressão Qualificada de 2017.

A operação tem por objetivo desarticular uma associação criminosa voltada para a prática de ilícitos contra a ordem tributária, dentre os quais sonegação de impostos, ocultação de notas fiscais, emissão de notas fiscais em desacordo com a realidade, ocultação de mercadorias transportadas, desvio de destino de produtos comercializados, embaraço à Fiscalização Tributária abrindo e fechando constantemente empresas laranjas e praticando outros crimes, a exemplo do ilícito de corrupção ativa.

A investigação foi realizada pela Delegacia de Crimes Contra a Ordem Tributária (DECCOT), sob a presidência de seu Delegado Titular, Germano Cunha Bezerra, contando com a assessoria do NI DECCOT e apoio da Diretoria de Inteligência-DINTEL, coordenados pela Diretoria Integrada Especializada – DIRESP e supervisionados pela Chefia de Polícia Civil.

Estão sendo cumpridos oito mandados de prisão preventiva, cinco mandados de condução coercitiva, além de 17 mandados de busca e apreensão nas cidades de Jaboatão dos Guararapes, Vitória de Santo Antão, Pombos, Bom Conselho, Arcoverde e Salgueiro.

Cumpre informar que, dentro do escopo de atividades operacionais programadas pela SEFAZ, estão sendo realizadas diligências em mais 21 estabelecimentos comerciais, para verificação de regularidade cadastral e das mercadorias existentes em seu estoque; bem como apurar indícios de operações comerciais envolvendo empresas “laranjas” e “filtros”, simulações e utilização de créditos fiscais irregulares.

Participam da execução dos trabalhos operacionais 100 Policiais Civis, entre Delegados, Agentes, Comissários e Escrivães, além de 74 Auditores da Secretaria da Fazenda estadual, cabendo ainda destacar o emprego pela Diretoria Geral de Operações Estratégicas (DOE/SEFAZ) de uma Central de Monitoramento Remoto, um Caminhão Baú para remoção de mercadorias apreendidas e 31 viaturas próprias.

Os presos e os materiais apreendidos serão encaminhados para a sede do Grupo de Operações Especiais (GOE), localizado na Rua Odete Monteiro, S/N – Cordeiro, Recife – PE, local onde foi divulgado o balanço parcial da operação nesta manhã.



Fonte

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Please enter your name here