Na manhã desta terça-feira dia (12), durante Operação Conjunta envolvendo as Polícias Civis e Militares, sob a Coordenação do Delegado Ariosto Esteves, Titular da 22ª Desec de Floresta, foi cumprido mandado de busca e apreensão domiciliar Expedido pela Comarca de Petrolândia, contra Neydson Leal de Araújo, Policial Civil do Estado da Bahia.

De acordo com o Delegado Ariosto, depois de diversas denúncias contra Neydson, pelos crimes de agiotagem, retenção de cartões bancários e cartões de benefícios, além de ameaça em cobrança de dívida financeira, a polícia encontrou indícios de sua autoria nos crimes praticados.

Sob a execução do Delegado Alexandre Barros da Fonseca, Titular da Delegacia de Polícia Civil de Floresta, na residência de Neydson foram encontrados e apreendidos diversos cartões benefícios e cartões de contas bancárias, notas promissórias, folhas de cheques, documentos de terceiros, livro de anotações de devedores, espingarda de pressão com luneta, aparelho de pontaria infravermelho com vídeo, máquina de cartão juntamente com comprovantes de pagamentos, notebook, celulares, Pen Drives e uma Pickup Ford Ranger.

Neydson foi conduzido para a delegacia e solto depois dos procedimentos cabíveis, e irá responder em liberdade.














Fonte

Deixe uma resposta