Antes da abertura da sessão de hoje que trata da denúncia de Michel Temer, o assunto era um só entre deputados: um vídeo íntimo no qual o personagem principal seria Wladimir Costa (SD-PA) — o deputado que fez uma tatuagem no braço a favor de Temer.

Sem quorum para o início da votação, o vídeo viralizou nas bancadas da Câmara. O mesmo vídeo, aliás, em que um suposto Wlad contracena com uma loura de forma mais do que explícita, foi mostrado em um jantar na casa de Rodrigo Maia, na semana passada.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Please enter your name here