A Câmara de Vereadores de Jaguarari, no centro-norte baiano, aprovou a segunda denúncia contra o prefeito Everton Rocha (PSDB). Na semana passada, 12 dos 13 vereadores aceitaram a denúncia de fraude em licitação contra o gestor.

Segundo o site Bocão News, Rocha já é investigado pela Casa, segundo publicação do site Jaguarari Online, pela contratação de dois carros, cujo pagamento teria sido realizado pela conta de uma mulher que não é funcionária da prefeitura.

A segunda denúncia aponta que o gestor teria favorecido uma empresa de Petrolina em um processo licitatório. Em entrevista à rádio Liderança FM, Everton Rocha afirmou que o Judiciário vai “dar um freio” no que ocorre na sua cidade. “O Judiciário precisa dá um freio nisso, e eu tenho certeza, tô passando a garantia, segunda-feira, agora na segunda, o Judiciário vai dá um freio, vai colocar ordem aí em Jaguarari e vai dizer calma, não é desse jeito”, disse.








[EA]

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Please enter your name here