Prefeitos e vereadores dos municípios de Afogados da Ingazeira, Iguaracy, Flores e Orocó – todas no Sertão de Pernambuco – participaram de uma reunião na tarde de ontem (6), com a Superintendência do Banco do Brasil (BB) em Pernambuco. Além deles também estiveram presentes os gestores das cidades de Poção, Riacho das Almas, Cupira e Jurema.

No documento assinado, os representantes dos municípios justificam que há uma significativa movimentação financeira de folha, investimentos e convênios que não justificam o fechamento das agências bancárias. Entre inúmeros transtornos causados pela decisão, estão o deslocamento dos correntistas para outros municípios, aumento dos  riscos de assalto dos clientes, por conta disso, e principalmente o prejuízo enorme que será causado ao comércio local, com fechamento de pontos de negócios e desemprego em massa.

A reunião contou também com a participação do Ministério Público de Pernambuco (MPPE). “Ficou decidido que caso não haja boa vontade de Brasília em negociar, iremos judicializar a questão,” finalizou José Patriota, prefeito de Afogados da Ingazeira e presidente da Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe). (foto/divulgação)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Please enter your name here